Resenha #38: A Herdeira

Nome: A Herdeira
Páginas:360
Autor: Kiera Cass 









Sinopse: No quarto volume da série que já vendeu mais de 500 mil exemplares no Brasil, descubra o que vem depois do "felizes para sempre".Vinte anos atrás, America Singer participou da Seleção e conquistou o coração do príncipe Maxon. Agora chegou a vez da princesa Eadlyn, filha do casal. Prestes a conhecer os trinta e cinco pretendentes que irão disputar sua mão numa nova Seleção, ela não tem esperanças de viver um conto de fadas como o de seus pais. Mas assim que a competição começa, ela percebe que encontrar seu príncipe encantado talvez não seja tão impossível quanto parecia.

Resenha: 10º tentativa de resenha, vamos lá.
A Herdeira é narrado pela filha mais velha do casal principal dos outros três livros América e Maxon, Eadlyn, depois de um reinado de 21 anos dos pais a garota se vê a ponto de receber o trono, porém mesmo com o fim das castas as novas gerações continuam descriminando famílias que tiverem um dia o rótulo de uma casta 6, 7 ou 8, com isso os pais de Eadlyn a dão a brilhante ideia de uma seleção, afinal a última edição havia dado resultado para que a população se acalma-se e a esperança era de uma nova tentativa de ganho de tempo, mas, entretanto, todavia, não poderia ser tão fácil. Quem disse que a princesa pretende se casar?
O livro se desenvolve a partir daí, envolvendo discussões, propostas, descobertas, aprendizados. Agora vamos a minha sincera opinião sobre o livro, não foi algo 5 estrelas, odiei Eadlyn do começo aos últimos 5 capítulos do livro por conta de sua estupidez e mesquinharias no desenvolver da história, não se compara ao meu ódio da América pela sua burrice de acreditar em Aspen durante os outros três livros anteriores. Eadlyn passou dos limites diversas vezes mas no final parece que algo a fez mudar e pensar em algo a mais que seu próprio umbigo. 
Os personagens foram bem desenvolvidos, a história foi bem contada, o final deixa um gostinho de quero mais e as emoções durante o livro são realmente impactantes, Kiera  como sempre nos deu personagens para se apaixonar, mas neste livro tem bem mais que nos anteriores, tenho uma lista de bons pretendentes da Eadlyn e grandes possibilidades de escolha para o próximo livro. Sim o livro não foi concluído, isso significa que teremos mais um livro contado por ela e quem sabe um especial contado pelo irmão gêmeo, com 7 minutos de diferença, Ahren. 
Como eu disse não foi um livro 5 estrelas por fatos como eu ter ódio da personagem principal e pela falta de detalhes de algumas cenas que eu fiquei bem curiosa. Como comprei a edição em capa dura não sei dizer informações reais sobre o livro normal mas a capa dele em si é maravilhosa, o agradecimento da autora no final ficou lindo. Mas a história me deixou um pouquinho tipo, ok mas e os detalhes disso aqui, então vou tirar uma estrelinha por me deixar curiosa ao ponto mil em cenas que podiam ter sido descritas detalhadamente. 

Nenhum comentário :

Postar um comentário