TAG: Palavras Cruzadas


Olá amores, 
hoje vim trazer uma tag escrita porém no final de semana é provável que eu poste a mesma tag em vídeo. O nome da Tag é Palavras- Cruzadas. Pelo que pude perceber a tag estava em português de Portugal porém o autor do blog Viagem Literária traduziu. A tag foi criada pela Inês  e eu vi no blog Viagem Literária 


1. Vox Populi (um livro que recomendaria para todo mundo).
Meus 15 anos é um livro bem leve, cheio de detalhes sobre a festa de 15 anos de uma menina 'nerd' do colégio. Após sua festa bombástica o colégio todo muda essa ideia forte sobre a menina; 







2. Maldito plágio (um livro que gostaria de ter escrito).
Nada dramática é um livro super divertido de ler, também muito leve e eu estou gostando tanto da leitura que acho que essa é um  livro que eu gostaria muito de ter escrito. 







3. Não vale a pena derrubar árvores por causa disto.

Garotas da Rua Beacon, sim esse é um livro que não vale a pena derrubar árvores para fazê-los, os mais de 16 livros da série não valem a pena. Desculpinha fãs da série 







4. Não é você, sou eu (um livro bom, lido na hora errada).
A mediadora, acredito eu que o livro é muito bom, eu li mas demorei séculos e ainda dei uma nota bem baixa. Acho que não estava em uma hora boa para lê-lo. Afinal é Meg Cabot e todo mundo que fala dos livros, fala muito bem 




5. Eu tentei... (um livro que tentou ler mas não conseguiu).
Dezesseis Luas, esse é um dos vários livros que eu tentei ler e não consegui. Infelizmente pois amei o filme e não consigo de forma alguma ler o livro. Quem sabe se eu tentar de novo 








6. Hã? (um livro que leu e não entendeu nada OU um livro que teve um final surpreendente).
Não me recordo de nenhum livro que não entendi nada e então peguei o livro com o final mais surpreendente dos últimos meses. Princesa Adormecida.




7. É tão bom, não foi? (um livro que devorou).
A escolha foi um dos vários livros que eu devorei em uma madrugada. Pensei em colocar mais alguns da Paula Pimenta mas resolvi variar um pouquinho, hehehe.








8. Entre livros e tachos (uma personagem que gostaria que cozinhasse para você).
Eu pensei em alguns personagens de Fazendo Meu Filme mas não me recordo de era a mãe do Léo ou a Mãe da Fani que cozinhavam bem. Mas é umas das duas com certeza. 






9. Fast Forward (um livro que podia ter menos páginas que não se perdia nada).
Anna e o Beijo Francês, como eu disse na resenha esse foi um livro que demorou bastante pra eu ler pelo fato da repetição de partes que não eram necessárias. 





10. Às cegas (um livro que escolheria só por causa do título).
 Hollywood é como a escola foi um livro que eu realmente comprei pelo título, muitas pessoas sabem que eu amo cinema e quero se cineasta e a palavra Hollywood já chama minha atenção de longe 







11. O que conta é o interior (um livro bom com uma capa feia).
Diário de uma Paixão do Nicolas Sparks. Me matem mas é verdade, na minha opinião os livros dele nunca tem uma capa muito bonita.
12. Rir é o melhor remédio (um livro que tenha feito você rir).
Eu rio com muitos livros mas nada muito, nossa eu ri litros lendo esse livro. Então não me recordo de nada agora.







13. Tragam-me os Kleenex, por favor (um livro que nos tenha feito chorar).
Fazendo Meu Filme 3 foi um dos livros que eu mais chorei. Vários motivos levaram ao chororô completo das pimentinhas. O 4 eu também chorei mas o final compensou tudinho <3 



14. Este livro tem um V de Volta (um livro que não emprestaria a ninguém).
Sábado à noite, é um dos livros que eu jamais emprestaria. É um dos meus xodós que eu não largo. 
15. Espera aí que eu já te atendo (um livro ou autor que está constantemente a adiar).
O lustre, da Clarice Lispector. Eu ganhei esse livro de aniversário esse ano e nunca consegui ler. Quem sabe um dia né? 









Nenhum comentário :

Postar um comentário