Projeto Férias- Parte VI- Patrícia Barboza

Olá meus amores, post atrasado de sexta feira que foi dia 18/07. Vamos começar?
O papo de hoje será sobre a querida Patrícia Barboza. Aaaaah, como eu amo os livros dela. Resenhei a pouco tempo seu mais breve lançamento, As MAIS 4 e podem perceber que amei né? Vamos começar de verdade agora.
Pat, teve uma infância agitada. Talvez parecida com a minha (ta certo que mal saí dela ainda mais já vivi muitas mudanças). Ela nasceu no Rio de Janeiro e aos 8 anos se mudou para uma cidadezinha em MG, onde permaneceu por dois anos, foi aí que ela se mudou para Recife em PE e passou os melhores 5 anos da sua vida. Durante a 5 série Pat ficou em primeiro lugar em um concurso de redações em que participou mais nunca passou pela sua cabeça ser escritora.
Quando estava perto de completar os tão sonhados 15 anos sua família se mudou novamente e dessa vez para sua cidade de origem, Rio de Janeiro, e por isso ficou sem a festa tradicional com valsa e muita gente, o que a deixou arrasada, ela então resolveu que era hora de se fechar para o mundo, uma menina antes extrovertida agora era calada. Aquele ano todo foi de poucos amigos para essa escritora. Porém no ano seguinte a entrada no colégio Marista São José, onde cursou todo o ensino médio, o fato de não ter tido a tão sonhada festa de 15 anos ainda a atormentava. Bom, diz a Pat que é coisa da idade. E o assunto foi totalmente superado!
A paixão da nossa escritora começou aos 6 anos com a turma do Sítio do Picapau Amarelo. Ela acompanhava a série, na TV, e as revistinhas em quadrinhos, que deus me livre se a mãe dela não comprasse. Pat tinha um vestidinho rodado e uma lancheira de lata que logo se transformaram na roupa e canastra da Emília. De revistinhas, para livros clássicos, que ganhou de aniversário, entre os livros Branca de Neve, Chapeuzinho vermelho, O Patinho Feio e etc.
Por moda, daquela época, Pat fez faculdade de  Tecnologia em Processamento de Dados, gostar do curso ela gostou mais quem disse que ela conseguiu levar o trabalho a diante, mulando de um em um Pat descobriu que aquilo não era pra ela e então ela cursou pós-graduação em marketing depois de visitar editoras e trabalhar em uma.
Em 2002 Pat publicou seu primeiro livro "os quinze anos de Carol", mais não uma publicação convencional, afinal, o mercado literário era ainda muito difícil por aqui, por isso ela criou um site onde de 15 em 15 dias ela postava um capítulo. Até que no ano seguinte o site foi removido após a conquista de sua publicação física.
Muitos outros títulos foram publicados como ''A primeira vez a gente nunca esquece (1ª edição em 2005/ 2ª edição pela Ciranda Cultural em 2010), Sai da internet, Clarice! (1ª edição em 2006/ 2ª edição pela Editora Leitura em 2010), Os Sete Desafios (Ciranda Cultural em 2010) e Confusões de um Garoto (Ciranda Cultural em 2010).'' 
No final de 2011 Pat assinou com sua a Editora Verus, e foi aí que o primeiro livro As MAIS surgiu trazendo pra nós uma imensa alegria não é mesmo leitores? Em março de 2012 o primeiro, em setembro do mesmo ano o segundo, meados de 2013 o terceiro e agora em maio de 2014 o quarto. 
Se você ainda não leu nenhum dos livros dela, não sabe o que esta perdendo. Ela escreve maravilhosamente bem. De um jeitinho único, um jeitinho brasileiro bom de ser. 
Pat merece grandes estrelinhas assim como todas que eu já escrevi. 

Nenhum comentário :

Postar um comentário